Especial – Feliz Ano Novo ! – Prive Contos Eróticos – Ano Novo, Ficante Novo

No dia 30 de dezembro do ano passado eu e meus amigos estávamos planejando onde iríamos comemorar a virada do ano, ficamos horas decidindo o lugar por que uma conversa leva a outra e começávamos a falar de uma coisa e acabávamos com outra, até que decidimos que íamos passar a virada de ano em lugares diferentes e combinamos de fazer uma loucura e decidimos contar no dia 1° a noite.

Então eu liguei para o meu primo e combinamos de passar a virada na praia. Então estávamos lá dois garotos atrás de um bofe gostoso pra comemorar a virada com estilo e muito orgasmo. Então eu vi um cara ele estava em uma lanchonete na frente da praia e ele começou a mexer comigo eu cheguei nele e perdi muito tempo falando com ele por que alguns minutos depois a namorada dele chegou, não acreditei, mas sim ele é hetero, ai fiquei lá, pra um caçador eu acabei virando a caça! Até que algumas horas depois, chegou um garoto em mim me oferecendo uma cerveja, aceitei analisando bem o garoto, ele era novinho disse que tinha 19 anos, mas eu quase pedi a identidade. Recusei outra cerveja eu disse q queria tomar champanhe a meia-noite. Então ele me chamou pra comemorar a virada com ele me puxando pela mão, fomos ao apê da família dele. Na sala, dois moleques estavam jogando vídeo-game na TV. Fomos à cozinha e ele me mostrou uma caixa de isopor com varias latinhas de uísque, energético e cerveja. Ele pegou outra cerveja pra tomar e falou que a gente podia dar um tempo. Fomos ao quarto dele, tinha um beliche então ele fechou a porta, eu não disse nenhuma palavra, já fui colando a boca nele, já que era minha opção para aquela noite, queria descobrir o que tinha conseguido. Agente tirou tudo rapidinho: camisa, short, cueca. Ele era bem magrelo e o seu negócio estava muito duro, espetava minha barriga quando agente se beijava. Vi que ele não iria segurar muito a onda. Ele queria me penetrar, mas eu ainda não estava excitado o suficiente, subi em cima dele e fizemos o 69 nem dois minutos dessa brincadeira oral, ele gozou enquanto eu o masturbava. Fiz devagar, sem força, mas ele não agüentou. Deitei em cima cama e fiz com que ele me chupasse, só então vi que ele era inexperiente. Ele trouxe mais cerveja, ficamos nos beijando um tempo. Novamente excitados ele veio por trás e me penetrou, sem pressa deixei a coisa rolar. Não gozei, mas de novo ele chegou ao orgasmo. Tomamos um banho e saímos, os meninos ainda estavam dando tiros no videogame. Às 11h30min voltei pra praia onde estavam meu primo e o ficante dele, muito champanhe depois, quase 3 da manhã, ainda fiz um boquete nele no carro. No dia seguinte me arrependi, meu primo ficou me tirando. Nunca mais misturo cerveja com champanhe.
Fonte:contoeroticoparatodos

Mundo Mais 

Post Author: Menino do Rio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.