Home / Prive Contos Eróticos / Prive Contos Eróticos – Kombi do Prazer de18 cm

Prive Contos Eróticos – Kombi do Prazer de18 cm


Na época eu tinha 17 anos e morava num bairro de São Bernardo do Campo. eu tinha amizade com os garotos da região. mas tinha tres amigos que eram inseparáveis. Na mesma rua tinha um terreno enorme e abandonado, mas era murado e la dentro tinha uma kombi velha, só a carcaça. Quando caia pipas nesse terreno, pulávamos para pegar e começamos a descobrir coisas interessantes naquele lugar.Certa vez achamos umas revistas pornô, estavamos em 4 garotos. Entramos e começamos a ver as fotos e ler as histórias, caimos para dentro da velha kombi onde ainda restavam as poltronas.Léo o mais velho da turma ja tirou o pau pra fora e começou a bater uma punheta.Nossa que cassete. Uma Cabeça rosada e grande.


Os outros dois ficaram meio com vergonhas, mas aos poucos tambem tiraram os cassetes pra bater punheta. Eu fiquei só olhando, até que léo disse: E ai Lu? Não vai bater? ta com vergonha? Ou quer bater pra mim? a hora eu disse: To fora! mas por dentro estava louco pra segurar naquele cassete.Vem aqui, não vamos contar pra ninguem, depois eu bato pra você. Claro que ele não bateria uma pra mim, mas fingi que acreditei, sentei ao lado dele e de frente para os outros dois garotos. Peguei delicadamente naquele pau. 




Começei a bater, mas minha boca estava cheia dagua para prova-lo, os meninos tambem queriam que eu batesse para eles, mas não tenho tres mãos, então falei: senta os tres do mesmo lado, me ajoelhei em frente ao Léo que estava no meio e cai de boca em seu cassete, e coma as mãos eu batia uma punheta para os outros dois. Que delicia. Léo escorregou a mão na minha bunda redonda e disse : Eu quero te comer agora. Nem falei nada, abaixei a bermuda e empinei a bunda. Ele foi por atras e encaixou aquele delicioso pau no meu rabinho apertado. Enquanto isso e chupava os outros dois. O pau do Léu deveria ter uns 18cm , no começo doeu um pouco mas depois foi só prazer, pois estava num vai e vem delicioso. Estava delicioso sentir um cassete na boca quando Léo disse: Vou gozar!!!!!!!




 E encheu meu cuzinho de leite. Saiu e sentou do lado dos meninos, e outro se levatou e encaixou seu pau no meu cuzinho ja melado. Entrou de uma vez pois ja estava lubrificado. Ai que cuzinho quente. Bombou uns cinco minutos e gozou tambem. Em seguida o terceiro tambem colocuo em meu cuzinho, mas esse tinha o pau grosso e deu um tesão danado sentir ele entrar apertado. Léo disse para que eu voltasse a chupa-lo, pois queria gozar novamente.
 Cai de boca e mamei gostoso. Nossa meu cuzinho ja estava começando a arder, mas estava delicioso. mamei com tanta gula que Léo enxeu minha boca de leite quente e acabei engolindo tudo. Logo em seguida o meu amigo que estava me comendo gozou e saiu me deixando com o cu ardendo. Ne levantei e sentei na poltrona da Kombi, sentindo toda a porra escorrer do cu para as pernas. Eles se levantaram e foram embora, eu ainda fiquei pra descançar e ler algumas revistas. Mas daquele dia em diante, aquela kombi se tornou um lugar onde aprendi a dar o cuziho e mamar meus amigos. Alguns meses depois o terreno foi vendido e a kombi retirada, hoje é uma linda casa.meus amigos se mudaram perdemos o contato, fica hoje somente a lembrança do prazer.

Mundo Mais

 


About Menino do Rio

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

x

Check Also

Prive Contos Eróticos – Perdi o meu cabaco no cu com um cavalo

Chamo-me paulo, tenho 22 anos e sempre adorei ser enrabado, mas nunca tinha tido coragem ...